Última hora

Última hora

Libéria: Cinco centros de tratamento contra o ébola

Em leitura:

Libéria: Cinco centros de tratamento contra o ébola

Tamanho do texto Aa Aa

A luta para conter o vírus ébola levou as autoridades da Libéria a criar cinco novos centros de tratamento dedicados à pacientes com a doença.

Cada uma das unidades de saúde vai contar com pelo menos 100 camas.

Uma vai localizar-se nos arredores da capital, Monróvia.

Um residente aprova o novo projeto contra o vírus mortal. “Penso que é a forma adequada, a melhor abordagem. A luta contra o ébola não é a nível nacional, é ao nível das comunidades que deve ser feita. Acho que ao começarmos com este processo vamos todos lutar para empurrar o ébola para fora da Libéria”, afirmou.

Desde que em Março foi registada a primeira vítima desta epidemia já morreram 1552 pessoas de um total de 3069 casos.

O Benim ainda não conheceu qualquer caso, mas as autoridades não olham a meios para prevenir eventuais surtos.

O governo estabeleceu postos de controlo nos aeroportos e nas fronteiras e começou a dar formação sobre ébola a 60 funcionários de saúde.

Para já a situação nos principais países afetados está fora de controlo. A Organização Mundial de Saúde anunciou que serão precisos 500 milhões de euros para controlar a epidemia.