Última hora

Última hora

Somália: al-Shabaab reivindica primeiro atentado após morte de líder

Em leitura:

Somália: al-Shabaab reivindica primeiro atentado após morte de líder

Tamanho do texto Aa Aa

Doze civis perderam a vida e outros trinta ficaram feridos num duplo atentado suicida, a norte de Mogadíscio, contra a força da União Africana na Somália.

Trata-se do primeiro ataque reivindicado pelos islamitas do al-Shabaab desde a morte do líder do grupo, Ahmed Abdi Godane, no dia 1 de Setembro.

Godane foi morto num bombardeamento norte-americano na região da Baixa Shabelle, também palco do atentado desta segunda-feira.

Segundo o governador da província, duas viaturas carregadas de explosivos lançaram-se sobre uma coluna de veículos blindados. O atentado apenas feriu dois militares, mas teve um resultado mortífero para os passageiros de duas camionetas que circulavam nas proximidades.

No sábado, as autoridades tinham alertado para possíveis represálias após a morte de Godane.