Última hora

Última hora

Escócia: "Sim" e "Não" à independência empatados a nove dias do referendo

Em leitura:

Escócia: "Sim" e "Não" à independência empatados a nove dias do referendo

Tamanho do texto Aa Aa

A nove dias do referendo sobre a independência da Escócia, é impossível adivinhar qual será o resultado. Depois de, durante o fim de semana, o “Sim” ter surgido pela primeira vez em vantagem, as últimas sondagens apontam para um empate técnico com o “Não”.

Na cidade inglesa de Berwick-upon-Tweed, a pouco mais de seis quilómetros do território escocês, muitos temem a vitória dos independentistas e os possíveis efeitos nefastos para a economia local.

Um lojista explica que “cerca de metade do negócio [que efetua] vem do outro lado da fronteira. Agora usamos notas escocesas e inglesas que são equivalentes. Se a Escócia se tornar independente, estas notas poderão deixar de ter o mesmo valor, complicando o sistema de preços e adicionando taxas bancárias ao negócio”.

O Reino Unido e a Irlanda gozam atualmente de um acordo de livre circulação de pessoas e bens semelhante ao espaço Shengen.

Mas a presidente da Câmara de Berwick teme que, com a independência da Escócia, sejam “colocadas fronteiras onde são necessários passaportes, o que terá um impacto para os habitantes que atravessam a fronteira todos os dias”.

Numa tentativa de contrariar o recente avanço do “Sim”, Londres prepara-se para revelar um novo plano de transferência de poderes alargados para Edimburgo.