Última hora

Última hora

Ucrânia: Moscovo confiante na capacidade de resistência de cessar-fogo

Em leitura:

Ucrânia: Moscovo confiante na capacidade de resistência de cessar-fogo

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos quatro soldados ucranianos foram mortos e cerca de 30 ficaram feridos desde o início do cessar-fogo no leste da Ucrânia.

O balanço é feito por Kiev que denuncia novas violações por parte dos separatistas pró-russos no leste do país. De acordo com o governo ucraniano o aeroporto de Donetsk, por exemplo, foi alvo de vários ataques nas últimas horas. Já os rebeldes apontam o dedo a Kiev.

Apesar das dificuldades, o chefe da diplomacia russo acredita que o cessar-fogo vai resistir às violações esporádicas de que está a ser alvo. Serguei Lavrov sublinha a necessidade de dar seguimento às negociações entre as autoridades ucranianas e os líderes de Lugansk e de Donetsk, não só para chegar a um acordo de paz, mas também para definir o futuro estatuto destes territórios.

O acordo de cessar-fogo foi alcançado, esta sexta-feira, em Minsk entre o governo ucraniano e os representantes separatistas das autoproclamadas repúblicas independentes de Donetsk e de Lugansk.