Última hora

Última hora

Ecrãs de televisão curvos apresentados em Berlim

Em leitura:

Ecrãs de televisão curvos apresentados em Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

Os ecrãs de televisão curvos são um dos grandes destaques da feira de eletrónica de Berlim.

O modelo apresentado pela LG conjuga ecrã curvo, resolução quatro K e a tecnologia OLED, em vez da tradicional iluminação LED.

“A vantagem do ecrã curvo reside nos efeitos visuais que enchem a sala. Se nos sentarmos em frente da televisão normalmente olhamos para o centro. Mas num ecrã curvo podemos ver melhor o lado direito e o lado esquerdo, do que num ecrã plano”, explicou Alexander Krüger, responsável da LG.

A Samsung surpreendeu o público com o seu mais recente ecrã de televisão curvo de 105 polegadas, em Ultra Alta Definição.

Apesar da publicidade que rodeia as novas televisões, nem toda a gente está convencida da utilidade dos ecrãs curvos.

“Os ecrãs curvos têm de ser grandes senão a curva não faz efeito. Em segundo lugar, se a pessoa estiver a ver televisão num grupo não vai conseguir tirar partido do ecrã curvo porque só a pessoa que está sentada no centro terá a sensação de estar imersa
nas imagens. As outras pessoas ficam com a impressão de que o ecrã está inclinado”, sublinhou o jornalista alemão Georg Schnurer.

A Toshiba apresentou o protótipo de uma televisão inteligente instalada num espelho da casa de banho.
Além de poder ver filmes, o utilizador pode conectar o ecrã a um relógio inteligente que funciona com um treinador pessoal.