Última hora

Última hora

Platini volta a jogar ao ataque contra o racismo

Em leitura:

Platini volta a jogar ao ataque contra o racismo

Tamanho do texto Aa Aa

Michel Platini não desiste enquanto o futebol não for igual para todos. O presidente da UEFA reforçou a tolerância zero ao racismo no desporto rei durante uma conferência em Roma intitulada “Respeito e Diversidade”.

Para o francês, o futebol está obrigado pela sua popularidade a servir de exemplo e garantiu que apesar do caminho ser longo, nada o impedirá de continuar. De acordo com Platini, o futebol de antigamente – mau, machista e branco – pertence ao passado.

O discurso é otimista mas contrariado pelos maus exemplos que vêm das bancadas. No Brasil o Grémio foi afastado da Taça devido aos insultos racistas dos adeptos mas nem por isso estes deixaram de se queixar da medida por considerarem que se tratavam de insultos normais durante um jogo de futebol.

Enquanto o normal foi isto, nunca teremos o futebol sonhado por Platini.