Última hora

Última hora

Uma cidade obcecada por dinheiro e queijo

Em leitura:

Uma cidade obcecada por dinheiro e queijo

Tamanho do texto Aa Aa

A animação “Os monstros das caixas” desenrola-se numa cidade obcecada por dinheiro e queijos malcheirosos.

A fábula gira em torno
dos Boxtrolls, monstros que saem dos esgotos durante a noite para roubar aquilo que os habitantes da cidade mais gostam: as crianças e os queijos.

“Há um certo realismo porque as marionetas têm um lado muito tangível. Quando vemos animação em stop motion é como se o cenário fosse real. Podemos tocar nas marionetas, são tecidos verdadeiros, pele verdadeira ou silicone verdadeiro. Todas as crianças se lembram de terem brincado com bonecas ou comboios. Por isso de uma forma divertida relembramos essa realidade”, contou o realizador Graham Annable.

“Quando desenhamos os rostos, trabalhamos também as diferentes expressões. É algo rápido porque os protótipos são feitos em 3D. É como se usássemos uma impressora Xerox que imprime objetos, cada um tem uma pequena diferença em relação ao outro. Durante a rodagem, usámos um de cada vez. Em cada plano há um diálogo ou uma emoção diferente”, acrescentou o realizador.

A animação “Os monstros das caixas” chega às salas de cinema portuguesas a 16 de outubro.