Última hora

Última hora

11 de Setembro foi há 13 anos

Em leitura:

11 de Setembro foi há 13 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos assinalaram esta quinta-feira o décimo terceiro aniversário dos atentados do 11 de Setembro, que deixaram uma ferida profunda no coração da primeira potência mundial.

O presidente e a Primeira Dama observaram um minuto de silêncio nos jardins da Casa Branca.

Barack Obama frisou que os responsáveis pelos atentados “tentaram fazer mais do que derrubar edifícios e assassinar pessoas. Tentaram quebrar os espíritos e provar ao mundo que o seu poder para destruir era maior do que o poder [dos norte-americanos] para perseverar e construir. Mas os Estados Unidos provaram que estavam errados”.

Como todos os anos, familiares das vítimas juntaram-se no “Ground Zero”, em Nova Iorque, à volta do memorial erguido no local onde estavam as Torres Gémeas, para uma cerimónia onde foram lidos os nomes das 2983 pessoas que perderam a vida, na data fatídica.

Pela primeira vez desde 2002, a cerimónia foi conduzida pelo novo presidente da Câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, que sucedeu a Michael Bloomberg.