Última hora

Última hora

Treze anos depois do 11 de setembro

Em leitura:

Treze anos depois do 11 de setembro

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos assinalaram, esta quinta-feira, o décimo terceiro aniversário dos atentados d 11 de Setembro de 2001.

Familiares das vítimas juntaram-se no local onde se erguiam as Torres Gémeas para uma cerimónia onde foram lidos os nomes das três mil pessoas que perderam a vida em Nova Iorque, no Pentágono e na Pensilvânia.

Uma jovem que perdeu o pai diz:
“Eu só tinha dois anos. Isto para mim é muito importante. Nunca antes fiz isto. Nunca tinha vindo ao memorial. Sempre ficámos em casa a ver. Por isso, é muito importante para mim. Estou um pouco nervosa. Mas sei que é a melhor coisa a fazer”.

“Não temos mais nenhum sítio onde ir. Este é o local em que repousam. Nunca recebemos o corpo. A única coisa que temos é a sala das famílias onde puseram todas os pertences das pessoas cujos corpos nunca foram identificados. É tudo o que temos”, explica uma mulher que perdeu o irmão, bombeiro.

Treze anos depois, no local das Torres Gémeas, foi construído um novo World Trade Center. Os escritórios serão inaugurados a 11 de setembro de 2015.