Última hora

Última hora

Banco de França: Notas roubadas e enterradas no jardim

Em leitura:

Banco de França: Notas roubadas e enterradas no jardim

Tamanho do texto Aa Aa

Dois funcionários do Banco de França foram presos pelo roubo de notas destinadas à destruição. A soma ultrapassa o 1 milhão e 800 mil euros.

Pensa-se que os principais suspeitos enterraram perto de 500 mil euros num jardim de casa e as autoridades encontraram mais 1 milhão e 300 mil euros num saco numa outra propriedade.

Acredita-se que algumas das notas foram queimadas. Os dois funcionários continuam detidos, a polícia francesa também interrogou as mulheres dos suspeitos, mas libertou-as mais tarde.

O roubo foi descoberto no final de agosto, depois do desaparecimento de sacos cheios de velhas notas de euro, às quais os funcionários quiseram, alegadamente, dar uma nova vida.