Última hora

Última hora

Índia autoriza regresso a casa de militar italiano detido desde 2012

Em leitura:

Índia autoriza regresso a casa de militar italiano detido desde 2012

Tamanho do texto Aa Aa

Na Índia o Supremo Tribunal autorizou o regresso a Itália por quatro meses do militar Massimiliano Latorre, detido desde 2012 pela morte de dois pescadores que tomou por piratas.

Latorre deverá ser tratado a uma ligeira isquemia que sofreu no cativeiro. O embaixador Daniele Mancini assinou uma garantia de que o soldado regressará à Índia para ser julgado.

“Abordámos este caso sob uma perspetiva humanitária. Uma vez que o Governo não se opôs ao pedido, o Supremo Tribunal concordou”, disse o porta-voz do ministério indiano dos Negócios Estrangeiros.

Massimiliano Latorre e Salvatore Girone, foram destacados para bordo do petroleiro Enrica Lexie com o fim de garantirem a segurança da embarcação em caso de atos de pirataria.

Em fevereiro de 2012 os dois marines abriram fogo contra um pesqueiro indiano que confundiram com um barco pirata e mataram dois pescadores, tendo sido detidos posteriormente pelas autoridades indianas.

O caso originou um contencioso entre a Índia e a Itália que reivindicam o direito de julgar os militares.