Última hora

Última hora

Iraquianos acolhem conferência de Paris com algum ceticismo

Em leitura:

Iraquianos acolhem conferência de Paris com algum ceticismo

Tamanho do texto Aa Aa

Em Bagdade, a Conferência Internacional sobre a Paz e Segurança no Iraque foi acolhida com bons olhos mas algum ceticismo.

Como seria de esperar, o encontro de Paris dominou as primeiras páginas dos jornais iraquianos desta segunda-feira.

Um residente da capital diz que espera “que haja uma cooperação real entre o governo, as forças de segurança e a aliança [internacional] e que os resultados sejam positivos”. E acrescenta que espera também que “a aliança seja formada o mais rápido possível”.

Outro pergunta se “é o Iraque que vai pagar o custo desta operação, dos bombardeamentos aéreos e da mobilização”. Acrescenta que, “entre as questões que ainda não foram respondidas pelo governo”, está saber se “virão tropas do estrangeiro ou instrutores para treinar o Exército” e diz que o executivo iraquiano “deve clarificá-las”.

Se a maioria dos iraquianos é favorável à ideia de travar o avanço dos extremistas do Estado Islâmico, muitos receiam, também, assistir novamente a uma presença maciça e prolongada de tropas estrangeiras no país.