Última hora

Última hora

Lyon: Dez anos a desfilar na Bienal da Dança

Em leitura:

Lyon: Dez anos a desfilar na Bienal da Dança

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade francesa de Lyon celebrou a 10ª edição daquele que é considerado o maior desfile de dança da Europa. Milhares de bailarinos, a maior parte amadores, fizeram parte de um evento que atrai aproximadamente 300 mil pessoas.
Lançado pela primeira vez em 1996, este desfile faz parte do programa da Bienal da Dança e foi inspirado pelo famoso Carnaval do Brasil, como confirma a diretora artística, Dominique Hervieu: “É um regresso a casa, porque o desfile foi criado como um pequeno modelo do Carnaval do Rio. Existem 12 grupos, como no Sambódromo no Rio de Janeiro, toda a gente usou este tema para celebrar esta décima edição.”

A coreógrafa Eve Hanus acrescenta: “É uma ótima experiência. Há um prazer geral na participação. É extraordinário. Estou super orgulhosa e feliz por participar.”

O público, que encheu as ruas do centro de Lyon, ficou contagiado pela magia do espetáculo. As marionetas desempenharam um papel importante no desfile deste ano. Algumas vieram da cidade italiana de Turim, que realizou um desfile de dança semelhante em julho passado, no âmbito do festival Torinodanza.

A fechar o festival, a coreógrafa sul-Africana Dada Masilo apresentou uma versão muito própria d´O Lago dos Cisnes, realizada por um grupo de bailarinos franceses e africanos. O espetáculo ao ar livre teve lugar na Praça Bellecour e o público foi convidado a encerrar as festividades, com uma coreografia inspirada no espírito do samba.