Última hora

Última hora

Novo Banco: Governo quer venda rápida

Em leitura:

Novo Banco: Governo quer venda rápida

Tamanho do texto Aa Aa

O governo português quer vender o Novo Banco até ao verão de 2015. O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho defende uma venda rápida, mas sem pressa, já que com o tempo os riscos podem aumentar. O governo usa como exemplo o caso BPN e a desvalorização após a nacionalização.

As declarações surgem no seguimento da demissão da equipa de Vítor Bento, após dois meses na liderança do antigo BES.

Para a liderança do Novo Banco, o Banco de Portugal escolheu Edoardo Stock da Cunha, 51 anos, até agora membro do banco britânico Lloyds e com experiência internacional também no Santander.