Última hora

Última hora

Ébola: Quarentena de 3 dias na Serra Leoa

Em leitura:

Ébola: Quarentena de 3 dias na Serra Leoa

Tamanho do texto Aa Aa

Estado de sítio durante três dias na Serra Leoa, devido ao Ébola. As autoridades sanitárias recomendaram que as pessoas não saiam de casa, entre 19 e 21 de setembro, numa ação urgente de quarentena, para evitar a catástrofe relacionada com o vírus. O objetivo é também uma sinalização mais eficaz de casos de contaminação que continuam por denunciar.

A Libéria também continua a lutar contra a epidemia e diz contar com ajuda de outros países, para dar resposta à situação. Barack Obama anunciou esta terça-feira o envio de 3 mil soldados norte-americanos para a região.

O ministro da Informação da Libéria Lewis Brown acrescenta: “Esperamos que esta decisão dos Estados Unidos estimule o resto da comunidade internacional a agir. Os nossos parceiros americanos percebem que a Libéria não consegue enfrentar o Ébola sozinha. Todas as nações têm interesse em acabar com esta crise.”

Na Costa do Marfim aposta-se nas campanhas de prevenção. Através do aconselhamento nas escolas e da realização de eventos desportivos. A intenção é que sejam adotadas medidas de higiene preventivas.

Os profissionais de saúde também estão entre os infetados de uma epidemia que já matou aproximadamente 2500 pessoas e contaminou perto de 5000 em toda a Guiné, Libéria, Nigéria e Serra Leoa.