Última hora

Última hora

Alibaba: Ações disparam no primeiro dia em bolsa

Em leitura:

Alibaba: Ações disparam no primeiro dia em bolsa

Tamanho do texto Aa Aa

Alibaba realiza a maior entrada em bolsa da História.

Na New York Stock Exchange, as ações do gigante chinês de comércio eletrónico abriram a ganhar mais de 35%.

Entre os beneficiários está Jack Ma, patrão e fundador, cuja fortuna dispara para 19 mil milhões de dólares.

O preço de base tinha sido fixado em 68 dólares por ação, mas abriram a valer 92,70 dólares e, por instantes, quase tocaram os cem dólares,

Alibaba atinge um valor bolsista de mais de 230 mil milhões de dólares e, com a operação, encaixa 25 mil milhões de dólares para financiar a expansão na China, nos Estados Unidos e Europa.

O analista em Hong Kong, Jeff Dorr argumenta: “Se olhar para a atividade internacional, o crescimento está entre os 17% e os 20%. Nesta altura, penso que é difícil ter uma ideia do sucesso que vai ter, porque Amazon e eBay são muito conhecidos. Anticipo que o esforço de expansão na Europa e Estados Unidos seja caro e o que veremos nos próximos três a cinco anos”.

Criada há 15 anos, Alibaba domina o comércio eletrónico na China. No ano passado realizou transações num montante de quase 250 mil milhões de dólares, mais do que Amazon e eBay juntas. Tem 280 milhões de clientes e entre abril e junho teve lucros de dois mil milhões de dólares.

Os investidores foram atraídos pelos números, mas os novos acionistas não terão qualquer poder no seio do grupo, devido à estrutura de propriedade.