Última hora

Última hora

Toronto inaugura museu Aga Khan

Em leitura:

Toronto inaugura museu Aga Khan

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade canadiana de Toronto tem uma nova atração: o museu Aga Khan. Trata-se de uma instituição para a arte islâmica, apoiada e inaugurada oficialmente pelo príncipe Karim Aga Khan, o líder espiritual dos muçulmanos ismailis.

O edifício foi projetado pelo arquiteto japonês Fumihiko Maki, vencedor de um Pritzker.

Os visitantes podem ver os mais variados objetos, como pinturas, instrumentos científicos e escrituras raras do Corão dos séculos VII e VIII.

Há também uma exposição temporária intitulada “The Garden of Ideas”. Expõe trabalhos de seis artistas contemporâneos paquistaneses. O mais conhecido é Imran Qureshi, que pintou em acrílico e latex, um enorme espaço do museu, designado “The Garden Within”.

“Quando eu vim a Toronto em abril visitar o museu, mostraram-me todos os espaços e disseram-me que podia escolher o que quisesse. Portanto, quando vi o jardim, senti que era como as pinturas em miniatura e como a minha especialidade são as pinturas miniaturas identifiquei-me logo com este espaço. Parece inspirado pelo Jardim Persa, mas ao mesmo tempo não, porque é muito moderno, contemporâneo, e é esta a característica da minha arte, explica Imran Qureshi.

Muitos dos objetos expostos pertencem ao tesouro da família do Príncipe. Mostram as conquistas das civilizações muçulmanas, desde a Espanha à China.

O museu Aga Khan e o centro ismaili adjacente custaram 300 milhões de dólares e estendem-se por quase sete hectares.