Última hora

Última hora

Ébola: Serra Leoa põe fim a três dias de recolher obrigatório

Em leitura:

Ébola: Serra Leoa põe fim a três dias de recolher obrigatório

Tamanho do texto Aa Aa

Chegou ao fim o recolher obrigatório imposto durante três dias aos seis milhões de habitantes da Serra Leoa para tentar combater a epidemia de Ébola que assola o país.

Segundo os serviços de emergência nacionais, a operação sem precedentes permitiu descobrir 92 corpos de vítimas e identificar dezenas de novos casos no país.

Um missionário espanhol – o segundo a ser infetado na Serra Leoa – chegou a Espanha e está internado num hospital de Madrid. Manuel García Viejo integrava a mesma missão que o sacerdote Miguel Pajares, transferido para a capital espanhola a 7 de agosto e que viria a morrer cinco dias mais tarde.

A epidemia de Ébola já fez mais de 2600 mortos na Serra Leoa, na Libéria e na Guiné-Conacri.

Com mais de 1450 mortos, a Libéria é o país mais afetado. As autoridades anunciaram a intenção de multiplicar por quatro – de 250 para 1000 – o número de camas disponíveis para tratar os doentes na capital, Monróvia.

artigos relacionados:

Factos sobre o Ébola