Última hora

Última hora

Mais de cem mil curdos estão refugiados na Turquia

Em leitura:

Mais de cem mil curdos estão refugiados na Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

Agrava-se a crise dos refugiados sírios na Turquia. De acordo com o Alto Comissariado para os Refugiados mais de cem mil curdos sírios terão já fugido do conflito e entrado no norte da Turquia, pela fronteira próximo de Ayn al-Arab, terceira maior cidade curda na Síria, que está a ser cercada pelos jihadistas. O clima de terror e medo e o avanço do Estado Islâmico leva estas pessoas a abandonarem tudo e a refugiarem-se aqui, mesmo que as condições não sejam as melhores.

A Turquia abriu a sua fronteira, perto desta cidade, para permitir a entrada dos refugiados:

“Eu vim aqui para pôr a minha família em segurança. Agora eu quero ir lutar contra os jihadistas e libertar os territórios que eles controlam, essas áreas são nossas”, afirma Dalil Boras.

Na segunda-feira, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão pediu aos curdos turcos para ajudarem no combate contra os jihadistas na Síria.