Última hora

Última hora

MarselhaSonda Maven só começa a explorar Marte em novembro

Em leitura:

MarselhaSonda Maven só começa a explorar Marte em novembro

Tamanho do texto Aa Aa

A sonda Maven atingiu a órbita de Marte e segundo a NASA, este equipamento deve começar a recolher informações sobre a atmosfera do ‘planeta vermelho’ em novembro. É a primeira sonda encarregada de tentar descobrir o que terá levado ao desaparecimento de grande parte da atmosfera de Marte, segundo os cientistas, num passado longínquo.

“A Maven vai dizer-nos muito sobre a forma como a atmosfera evoluiu. Isso é muito importante porque Marte, neste estágio da sua evolução, é muito parecido com a Terra há mil milhões de anos. Ocorreu, em Marte, uma mudança climática e nós queremos saber o que aconteceu”, explica Jim Green, Responsável pela divisão de ciência planetária da NASA.

A sonda, que custou 500 milhões de euros, e é alimentada com energia solar, demorou 10 meses a chegar ao seu destino e percorreu 711 milhões de quilómetros.

Espera-se conseguir desvendar os segredos que Marte esconde. Uma planeta desértico, inabitado, mas que os cientistas acreditam ter tido água e, por isso, vida.

A sonda nunca tocará a superfície do planeta, descerá até aos 25 quilómetros, mas apenas em cinco períodos diferentes. No restante tempo limitar-se-á a circular à sua volta a 6000 quilómetros de altitude. O objetivo é fazer uma leitura mais completa das várias camadas da atmosfera.

Esta missão a Marte pode ser seguida através das redes socias, entre elas o Twitter, em: