Última hora

Última hora

Valls tenta seduzir Alemanha para a causa "défice público"

Em leitura:

Valls tenta seduzir Alemanha para a causa "défice público"

Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro encontro oficial entre a chanceler alemã e o novo chefe de Governo francês.

O frente a frente, em Berlim, ocorre poucos dias depois de a França ter anunciada que não vai conseguir cumprir o défice de 3 por cento do PIB antes de 2017.

Angela Merkel promete respeitar a decisão da Comissão Europeia.

“O primeiro-ministro, Manuel Valls, apresentou o programa de reformas e penso o número de medidas previsto pela França é impressionante. Trata-se de reformas em importantes setores, que vão ser decisivas para a competitividade do país” afirma Merkel.

O chefe de governo francês reitera a aposta no Pacto de Estabilidade Europeu, mas defende uma maior flexibilidade.

“Quero dizer aos alemães que, apesar das dificuldades é do nosso interesse fazer estas reformas. É preciso fazer estas reformas pela França e pela Europa” refere Manuel Valls.

O chefe de Estado francês já assumiu publicamente que o combate ao défice público – que este ano deve atingir os 4,4 por cento – não é a prioridade, ao contrário do crescimento e da competitividade.