Última hora

Última hora

Clima: "É preciso mudar de rumo", diz Ban Ki-Moon

Em leitura:

Clima: "É preciso mudar de rumo", diz Ban Ki-Moon

Tamanho do texto Aa Aa

“É preciso mudar de rumo” – a mensagem é do secretário-geral das Nações Unidas na abertura da cimeira sobre o clima da ONU em Nova Iorque.

Perante dirigentes e representantes de 120 países, Ban Ki-Moon pediu a contribuição anual de 100 mil milhões de dólares para o fundo verde decidido em 2009 na cimeira de Copenhaga.

Ban Ki-Moon instou o mundo a fazer história. “Em cidades de todo o mundo, centenas de milhares de pessoas pediram ação. Pediram aos lideres para liderarem. É por isso que aqui estamos. Obrigado pela vossa liderança”, declarou.

Dois dos maiores poluidores do mundo, a China e a Índia não foram representados por chefes de Estado ou de governo, o que leva a equacionar o verdadeiro sucesso da cimeira.

Por outro lado, a estrela de cinema Leonardo di Caprio deu o seu contributo. “Temos que meter um preço nas emissões de carbono e eliminar os subsídios para as empresas de petróleo, carvão e gás. Temos que terminar a viagem gratuita dos poluidores industriais, oferecida em nome da economia de mercado livre. Eles não merecem o nosso dinheiro como contribuintes, eles merecem o nosso escrutínio, a economia acabará por morrer se os nossos ecossistemas entrarem em colapso”, disse.

Um dia depois de no domingo uma manifestação de 100 mil pessoas ter protestado contra os grandes poluidores em Nova Iorque, um milhar de contestatários bloquearam zonas de Manhattan.

Cerca de 100 pessoas foram detidas, incluindo um manifestante vestido de urso polar.