Última hora

Última hora

Cimeira da ONU sobre o Clima reforça urgência e recolhe promessas

Em leitura:

Cimeira da ONU sobre o Clima reforça urgência e recolhe promessas

Tamanho do texto Aa Aa

Algumas promessas, mas sobretudo muitas mensagens sobre a vontade e necessidade de atuar de forma urgente contra o aquecimento global.

A cimeira de um dia da ONU sobre o Clima, em Nova Iorque, reuniu um número recorde de 120 chefes de Estado e de governo dos quatro cantos do mundo.

O presidente norte-americano afirmou que “somos a primeira geração a sentir o impacto das alterações climáticas e a última geração que poderá fazer algo acerca disso”. Barack Obama acrescentou que marcou presença, “como líder da maior economia mundial e segundo maior emissor” de gases poluentes, “para dizer que começámos a fazer alguma coisa acerca disso”.

O Fundo Verde da ONU contra o aquecimento global recolheu dois mil e trezentos milhões de dólares em promessas de financiamento. Uma soma bastante aquém do objetivo de 10 mil milhões até ao fim deste ano.

Primeiro encontro do género desde a cimeira de Copenhaga, que terminou em desacordo em 2009, o evento pretendia preparar o terreno para a conferência de Paris, em 2015, com vista a um acordo global.