Última hora

Última hora

Gala Léon sob fogo cerrado dos Velhos do Restelo do ténis espanhol

Em leitura:

Gala Léon sob fogo cerrado dos Velhos do Restelo do ténis espanhol

Tamanho do texto Aa Aa

A sucessão de Carlos Moyà como capitão da seleção espanhola na Taça Davis está a dar que falar. Gala Léon, diretora desportiva da federação, foi a escolhida para o cargo apesar de ela própria admitir não ter um grande conhecimento do ténis masculino.

As críticas não se fizeram esperar. Rafael Nadal queixou-se de que os jogadores não tinham sido ouvidos, acrescentando que há vários grandes tenistas que nunca tiveram uma oportunidade.

Mais longe foi o seu tio, e treinador, Toni Nadal, que considera que os jogadores não se sentirão à vontade com uma mulher no balneário.

Um argumento que tem tanto de antiquado como de desajustado, até porque existem vários exemplos de tenistas de sucesso treinados por alguém do sexo oposto.

A nova capitã, no entanto, não se deixa afetar pelo criticismo e refere que não pretende dar início a uma discussão sobre o sexismo mas sim recolocar a Espanha na primeira divisão do ténis mundial.