Última hora

Última hora

Refém francês executado por grupo próximo do Estado Islâmico

Em leitura:

Refém francês executado por grupo próximo do Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo extremista argelino Jund al-Khilafa cumpriu a ameaça de executar um refém francês caso Paris não suspendesse os bombardeamentos contra os islamitas no Iraque. Um vídeo com a alegada decapitação do refém Hervé Gourdel foi publicado, esta tarde, pelo grupo armado próximo dos extremistas do Estado Islâmico.

Gourdel, um guia de montanha de 55 anos tinha sido raptado há dias na Argélia, na região da Cabília, quando efetuava uma caminhada na companhia de vários habitantes locais. França tinha rejeitado o ultimato do grupo extremista, quando três outros reféns ocidentais, às mãos do grupo Estado Islâmico (dois americanos e um britânico), tinham sido decapitados nas últimas semanas.