Última hora

Última hora

França e EUA sob ameaça de ataques, diz PM iraquiano

Em leitura:

França e EUA sob ameaça de ataques, diz PM iraquiano

Tamanho do texto Aa Aa

A França e os Estados Unidos estão em alerta, depois do primeiro-ministro do Iraque ter dito que estavam em preparação atentados, por parte do Estado Islâmico, nos metros de Paris e Nova Iorque.

Haidar al Abadi disse que foram presos em Bagdade elementos de uma célula que estaria a preparar estes ataques.

Depois de uma reunião do Conselho de Defesa, esta quinta-feira, o nível de alerta nos transportes públicos franceses foi subido.

O país está ainda sob o choque da decapitação de um cidadão francês na Argélia, por parte de um grupo ligado ao Estado Islâmico.

Para o primeiro-ministro Manuel Valls, o país não pode dar sinais de enfraquecimento face à ameaça: “A França não vai ceder e não se deixa intimidar. É essa a nossa reação, é isso que devemos ao nosso compatriota que foi assassinado”.

Junto à mesquita de Paris, o ambiente é também de consternação. Os muçulmanos de França condenam os atos dos radicais: “Nós é que vamos pagar. Todos nós. Eles fizeram o mal e nós é que vamos pagar o preço”, diz um deles.

Dalil Boubakeur, presidente do Conselho Francês do Culto Muçulmano, marcou para esta sexta-feira uma manifestação de repúdio pelas ações do Estado Islâmico, frente à mesquita de Paris.