Última hora

Última hora

França vai combater tabagismo com maços de cigarros neutros

Em leitura:

França vai combater tabagismo com maços de cigarros neutros

Tamanho do texto Aa Aa

A França vai adoptar os maços de tabaco “neutros”, como medida de combate ao tabagismo.
As embalagens de marcas diferentes passarão a ter a mesma forma, tamanho, cor e tipo de letra.

A decisão foi anunciada pela ministra da Saúde, Marisol Touraine, sem que sejam ainda conhecidos os prazos para a entrada em vigor. Uma medida idêntica vai ser igualmente implementada na Inglaterra e na Irlanda.

O objectivo é reduzir o poder de atracção visual sobre o consumidor.

Em França vai passar a ser também proibido fumar em espaços públicos destinados a crianças e em viaturas de transporte de menores de 12 anos.

Serão igualmente interditos os cigarros electrónicos em lugares frequentados por menores, casos das escolas, transportes colectivos e espaços de trabalho fechados.

Nos dois últimos anos, os cigarros electrónicos tiveram em França uma enorme adesão. Em Março de 2014, foi interdita a venda a menores.

A França segue assim o exemplo da Austrália, que introduziu os maços “neutros” em 2012, tendo sido verificada desde então uma diminuição de mais de 3% nas vendas de tabaco.

Segundo um estudo do governo australiano, o número de fumadores habituais com idade superior a 14 anos baixou de 15,1% em 2010 para 12,8% em 2013 e a idade média para o primeiro cigarro passou dos 14 para os 16 anos.

Uma directiva europeia adoptada em Fevereiro prevê o aumento do tamanho dos avisos sobre os riscos do tabaco para a saúde colocados nos maços, com imagens chocantes sobre os efeitos prejudiciais do tabaco a cobrir 65% da superfície das embalagens.

O governo português está a preparar regulamentação que vai implementar a directiva comunitária sobre o tabaco.
Em Portugal, o tabaco mata cerca de 10 mil pessoas por ano e custa cerca de 500 milhões de euros ao sector da saúde. Um em cada cinco portugueses é fumador, segundo dados da Direcção-Geral de Saúde.