Última hora

Última hora

O Rochedo californiano recebe exposição @ Large Al Weiwei on Alcatraz

Em leitura:

O Rochedo californiano recebe exposição @ Large Al Weiwei on Alcatraz

Tamanho do texto Aa Aa

Longe vão os tempos em que Alcatraz albergava criminosos, dos mais perigosos. O mais famoso residente da prisão, que ficou conhecida como “The Rock”, foi Al Capone.

Hoje, o estabelecimento prisional mais conhecido, dos Estados Unidos, recebe obras de arte de Ai Weiwei, artista e ativista chinês, critico do regime de Pequim:

“Ele penso que este era o lugar apropriado para expor o seu trabalho, não apenas por causa da sua relação com as detenções mas também com os protestos”, explica a curadora da exposição, Cheryl Haines.

As suas obras e instalações pretendem levantar questões prementes sobre os direitos humanos e a liberdade de expressão. A prisão de Alcatraz é o lugar ideal para fazê-lo:

“Os turistas conhecem um período desta penitenciária federal, quando Al Capone e outros gangsters aqui estiveram. Ai Weiwei abre um capítulo mais profundo. Mostra o significado do encarceramento, de estar detido, a aplicação dos direitos humanos e o que significa o encarceramento político”, adianta Greg Moore, Presidente do Golden Gate National Parks Conservancy.

O artista, que esteve em prisão domiciliária acusado de fraude fiscal, foi impedido, pelas autoridades chinesas, de abandonar o país:

“A China tem leis, o departamento que trata estas questões de entrada e saída de cidadãos chineses das suas fronteiras, fá-lo de acordo com os regulamentos sobre imigração”, afirma a porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros.

A exposição estará patente, na ilha de Alcatraz, localizada em São Francisco, na Califórnia, até 26 de abril de 2015.