Última hora

Última hora

Poroshenko apresenta reformas para preparar Ucrânia para a UE

Em leitura:

Poroshenko apresenta reformas para preparar Ucrânia para a UE

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, apresentou um programa económico que visa preparar a candidatura do país à entrada na União Europeia (UE) até 2020. Na primeira grande conferência de imprensa depois de ter sido eleito em final de maio, Poroshenko anunciou 60 reformas económicas e sociais, de entre as quais destacou “a reforma anticorrupção, a renovação do poder e do aparelho burocrático, a reforma judicial, a descentralização e a reforma da administração”.

Poroshenko deixou clara a orientação pró-europeia, após o Parlamento ter ratificado o Acordo de Associação com a UE: “Apenas as reformas vão dar respostas às necessidades de potenciais investidores internacionais. A alternativa é ficarmos sós com a Rússia”.

Paralelamente, Poroshenko ordenou o fecho das fronteiras da Ucrânia com a Rússia. Um decreto que pretende, segundo Kiev, impedir a entrada de “agentes subversivos russos” em território ucraniano, mas que tem efeitos limitados, uma vez que parte da fronteira é controlada pelos rebeldes.