Última hora

Última hora

Portugal: salário mínimo passa para 505 euros em Outubro

Em leitura:

Portugal: salário mínimo passa para 505 euros em Outubro

Tamanho do texto Aa Aa

O salário mínimo em Portugal aumenta em 20 euros, para 505 euros, a partir de Outubro.

O acordo foi assinado esta quarta-feira entre o governo, representantes do patronato e a UGT. Um acordo que foi o “possível”, segundo a central sindical, mas que é criticado pela CGTP.

Carlos Silva, UGT: “Quase irrisório para muitos portugueses, estamos a discutir de 485 para 505 euros… É pouco, mas é um sinal e, portanto, cabe agora à economia, aos principais agentes económicos, darem os passos necessarios.”

Arménio Carlos, CGTP: “Este acordo que agora foi anunciado, para além de tardio, é insuficiente. O salário mínimo nacional está, neste momento, a ser uma moeda de troca para os patrões voltarem a ser beneficiados pelo Estado.”

A CGTP queria um aumento para 515 euros com efeito retroativo até Junho e um novo aumento no próximo ano, para 540 euros. As empresas obtém uma redução de 0,75 por cento da taxa social única paga por cada trabalhador, o que vai compensar uma parte do aumento do salário mínimo.