Última hora

Última hora

FIFA proíbe fundos de investimento

Em leitura:

FIFA proíbe fundos de investimento

Tamanho do texto Aa Aa

A proibição dos fundos de investimento foi o grande destaque em mais uma reunião do comité executivo da FIFA, em Zurique.

Uma medida esperada, até porque a UEFA já o tinha prometido fazer de forma unilateral caso a FIFA não resolvesse o assunto, e que promete causar danos no futebol português, cortando uma forma de financiamento tão fácil quanto obscura.

Foi Sepp Blatter quem anunciou a decisão, que no entanto não terá efeito imediato. Até 2017 existirá um período de transição.

Inglaterra a França, que já tinham proibido os fundos por iniciativa própria, não terão grandes problemas com a decisão.

A reunião serviu ainda para Sepp Blatter confirmar aquilo que há muito se sabia: irá candidatar-se a mais um mandato como presidente da FIFA.