Última hora

Última hora

Rússia confisca petrolífera Bashneft

Em leitura:

Rússia confisca petrolífera Bashneft

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo russo Sistema perde o principal ativo, numa repetição do caso Iukos, uma década depois.

A justiça russa confiscou a petrolífera Bashneft ao grupo de Vladimir Yevtushenkov. O oligarca, que detinha mais de 80% do capital da Bashneft viu, um dia antes, prolongada a prisão domiciliária até 16 de novembro.

Yevtushenkov rejeita as acusações de lavagem de dinheiro na aquisição da Bashneft em 2009. A companhia é, atualmente, a sexta maior petrolífera da Rússia, em termos de produção.

Há quem acuse a Rosneft, chefiada por um aliado de Putin (Igor Sechin), de quer absorver a companhia.

A decisão judicial assustou os investidores.

As ações do grupo Sistema recuaram mais 18%. Contabiliza uma desvalorização superior a 50% desde que o patrão está em prisão domiciliária.

A bolsa de Moscovo recua mais de um por cento e o rublo atinge novos mínimos históricos face ao dólar. Chegou a valer 39 rublos por dólar.