Última hora

Última hora

Ucrânia: observadores internacionais tentam delinear "zona tampão" no leste do país

Em leitura:

Ucrânia: observadores internacionais tentam delinear "zona tampão" no leste do país

Tamanho do texto Aa Aa

Os observadores internacionais na Ucrânia reuniram-se, esta sexta-feira, nos arredores de Donetsk para estabelecerem os contornos da futura zona tampão entre o exército ucraniano e os separatistas, acordada em Minsk a 19 de setembro.

A área de 30km deverá ser dividida em quatro ou cinco setores vigiados pelos observadores da OSCE presentes no terreno.

Kiev afirma que responsáveis militares russos e dos separatistas terão participado na reunião, uma informação negada no entanto por Moscovo, que continua a rejeitar qualquer implicação no conflito.

No terreno, na região de Donetsk uma habitante não esconde o desalento:

“Para o futuro espero que a Rússia nos salve deste horror. A Ucrânia não quer dar-nos mais dinheiro, dizem que preferimos ficar para trás e que devemos agora pedir ajuda aos separatistas. Nos últimos 4 meses, nenhum dos reformados desta aldeia recebeu a sua pensão, não temos dinheiro e não sabemos como vamos sobreviver”.

As negociações no terreno para consolidar o cessar-fogo entre separatistas e exército, acordado no início de setembro, coincidem com uma nova violação da trégua, quando Kiev divulgou imagens de um alegado ataque das forças pró-russas ao aeroporto de Donetsk, na noite de quinta-feira.