Última hora

Última hora

Tensões na fronteira turca com a Síria

Em leitura:

Tensões na fronteira turca com a Síria

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades turcas procuram impedir que curdos turcos e sírios entrem na Síria, para se juntarem às forças curdas que combatem os jihadistas da organização Estado Islâmico nos arredores de Kobani. Isto depois de na província turca de Sanliurfa, centenas de jovens curdos terem derrubado a separação fronteiriça.

Face a uma situação que pode escapar ao controlo, o presidente turco, Recep Erdogan, avançou propostas para uma solução.

“Há três passos importantes que precisam ser feitos. Um deles é a criação de uma zona de exclusão aérea e manutenção da segurança nessa zona de exclusão aérea. Em segundo lugar, deve ser estabelecida uma zona de segurança dentro da Síria. Em terceiro lugar, vamos colaborar nos detalhes de com quem vamos gerir este processo, quanto à formação e suprimentos.”

Erdogan anunciou nesta sexta-feira que a posição da Turquia face aos jihadistas da organização Estado Islâmico mudou depois da recente libertação dos reféns turcos. O parlamento turco votará no dia 2 de outubro a participação das forças armadas turcas nas operações da coligação militar internacional.