Última hora

Última hora

"Jihadistas" avançam apesar de bombardeamentos

Em leitura:

"Jihadistas" avançam apesar de bombardeamentos

Tamanho do texto Aa Aa

Os bombardeamentos aéreos da coligação internacional para travar a progressão dos combatentes do movimento Estado Islâmico não impedem os “jihadistas” de avançar no terreno.

A cidade síria de Ain al Arab, conhecida pelos curdos como Kobani, está ameaçada pelos guerrilheiros.

Os radicais islamitas têm bombardeado a povoação, numa ofensiva que já originou mais de 150 mil refugiados, a maioria procurou abrigo na vizinha Turquia.

Mas o aviso foi claro desde o início. A campanha militar vai ser longa. Um alerta deixado não só pelos líderes ocidentais como pelos próprio combatentes radicais islamitas.

A Frente Al Nusra, um grupo ligado à AlQaida, acusou a coligação de levar a cabo uma guerra contra o Islão que deverá durar décadas. Anunciaram que a resposta vai surgir contra alvos inimigos em todo o mundo.