Última hora

Última hora

Cecilia Malmström submete-se a perguntas dos eurodeputados

Em leitura:

Cecilia Malmström submete-se a perguntas dos eurodeputados

Tamanho do texto Aa Aa

Responsável pelos Assuntos Internos na anterior Comissão, foi como futura titular da pasta do Comércio que Cecilia Malmström compareceu esta segunda-feira na audição pública perante o Parlamento Europeu.

Ao longo de várias horas foi, entre outras coisas, questionada sobre o acordo de livre comércio com a Ucrânia, que esbarra na contestação russa.

“A intenção da União Europeia não é deixar a Rússia emendar este acordo. Só poderá ser emendado se um dos parceiros o fizer e os dois parceiros são a Ucrânia e a Europa”, explicou Malmström.

Na hora de responder a questões relacionadas com o acordo de livre comércio que se está a negociar com os Estados Unidos mostrou-se menos precisa, mas prometeu mais transparência.

Ainda que tenha dado prova de competência, na opinião de alguns eurodeputados, para outros, como o britânico David Martin, não foi tão convincente: “O que me desapontou, não a acusaria de ser surda para com as pessoas, mas penso que na resposta não exprimiu as preocupações manifestadas fora daqui em relação a muitos aspetos da nossa agenda do comércio.’

Para Cecilia Malmström, os eurodeputados reservaram uma receção morna, até porque já foi Comissária e por isso mesmo trata-se de uma personalidade conhecida. Na quarta-feira esperam-se, no entanto, receções muitos mais intensas quando os comissários espanhol, inglês e húngaro, personalidades polémicas, comparecerem perante os eurodeputados.