Última hora

Última hora

Israel compara Irão aos extremistas do ISIL

Em leitura:

Israel compara Irão aos extremistas do ISIL

Tamanho do texto Aa Aa

Na tribuna da ONU, o primeiro-ministro israelita defendeu que derrotar o grupo Estado Islâmico e deixar ao Irão a capacidade de obter a bomba atómica “seria como ganhar uma batalha e perder a guerra”.

Benjamin Netanyahu referia-se à situação do dossiê nuclear iraniano. As partes têm até 24 de novembro para chegar a um acordo final, confirmando a natureza exclusivamente pacífica do programa.

Netanyahu criticou também os países que condenaram Israel pela guerra contra o Hamas disse que ISIS e Hamas “são ramos da mesma árvore venenosa”.

“Lançadores de foguetes do Hamas para nos atacar são deliberadamente colocados em áreas residenciais como esta e as crianças brincam ao lado. Este é um crime de guerra! “

Netanyahu comparou a recente campanha de bombardeio do seu país em Gaza aos atuais ataques liderados pelos EUA contra militantes no Iraque e na Síria.