Última hora

Última hora

EUA e UE retomam negociações de parceria transatlântica

Em leitura:

EUA e UE retomam negociações de parceria transatlântica

Tamanho do texto Aa Aa

Representantes norte-americanos e europeus iniciaram esta segunda-feira a sétima ronda negocial sobre a Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento.

A localidade de Chevy Chase, nos arredores de Washington, foi o local escolhido para tentar selar o acordo de livre comércio entre os Estados Unidos e a União Europeia, de futuro cada vez mais incerto.

João Vale de Almeida, embaixador dos Vinte e Oito nos Estados Unidos, defende que “com este acordo, será possível estabelecer os mais altos padrões de defesa do ambiente, do consumidor e da saúde no mundo. Estaremos numa melhor posição para implementar, proteger e promover os nossos valores e princípios. As últimas semanas e meses evidenciaram os enormes desafios que existem para a segurança das nossas populações e dos valores sobre os quais assentam as nossas sociedades. Esta parceria é uma forma de abordar essas preocupações”.

Mas ambas as partes já reconheceram implicitamente que só será possível obter um esboço final em 2016 e não até ao fim deste ano, como inicialmente previsto. Um dos principais pontos de divergência é o mecanismo de resolução de litígios entre investidores e Estados.

O correspondente da euronews, Stefan Grobe, diz que “as negociações duram há um ano, mas o resultado é mais duvidoso do que nunca. As eleições de novembro nos Estados Unidos também terão consequências imprevisíveis para o acordo transatlântico. E um grande número de críticos europeus gostaria de ver o projeto cair por terra”.