Última hora

Última hora

Bombardeamentos britânicos atingem alvos do ISIL no Iraque

Em leitura:

Bombardeamentos britânicos atingem alvos do ISIL no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

A força aérea britânica destrui, nos últimos dois dias, quatro alvos do ISIL, o grupo autoproclamado Estado Islâmico, no Iraque.

Os aviões descolam de uma base britânica, situada na ilha de Chipre, para assistir as tropas governamentais iraquianas no combate contra o ISIL.

“A ameaça do ISIL afeta-nos a todos. Vencer esta ameaça exige uma abordagem inteligente e paciente por parte dos países da coligação que estão juntos contra o ISIL. Neste quadro, os aviões Tornado GR4 da Royal Air Force , aquartelados aqui na base de Akrotiri, participaram e continuarão a participar no esforço da coligação para destruir o ISIL”, garante Chaz Kennett, comandante da base.

Desde sábado – poucas horas depois de o Reino Unido se juntar a coligação, liderada pelos Estados Unidos -, que os aviões britânicos começaram a combater no Iraque.

Mas Londres não prevê o envio de tropas terrestres para o terreno, como se depreende das palavras do primeiro-ministro, David Cameron, durante a conferência dos conservadores, em Birmingham: “Enquanto estou aqui a falar, há homens e mulheres ao serviço do Reino Unido a voar nos céus do Iraque. Ontem, viram ação no terreno. E vai haver tropas na linha da frente. Mas serão tropas iraquianas, curdas e sírias que lutarão pelo futuro seguro e democrático que merecem.”

Desde agosto que o Reino Unido tem seis jatos Tornado estacionados em Chipre, antiga colónia britânica na qual mantém duas bases militares.