Última hora

Última hora

Infeção pelo Ébola nos EUA está a causar polémica

Em leitura:

Infeção pelo Ébola nos EUA está a causar polémica

Tamanho do texto Aa Aa

O caso da primeira infeção pelo vírus Ébola nos Estados Unidos está a assumir contornos de escândalo, já que o paciente em causa foi visto uma vez no hospital presbiteriano do Texas, em Dallas, e mandado embora. Só dois dias depois, quando regressou ao hospital, é que ficou internado.

O diretor da rede de centros norte-americanos de controlo e prevenção de doenças, Tom Frieden, tenta descansar a população: “O vírus só é transmitido através do contacto direto com alguém que esteja infetado e propaga-se por via dos fluidos corporais. O período de incubação é geralmente de oito a dez dias depois da exposição, mas pode ser mais curto, apenas dois dias, ou mais longo, pode chegar aos 21. É uma doença grave, que tem uma taxa de mortalidade muito alta, mesmo com os melhores tratamentos, mas há intervenções médicas comprovadas que podem curá-la”, explicou.

Outro facto que está a causar preocupação é que, quando foi internado, o paciente chegou de ambulância, sem as precauções necessárias, e há o medo de que possa ter estado em contacto direto com os paramédicos.