Última hora

Última hora

Ucrânia: tiros de morteiro provocam dez vítimas durante regresso às aulas em Donetsk

Em leitura:

Ucrânia: tiros de morteiro provocam dez vítimas durante regresso às aulas em Donetsk

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 10 pessoas morreram esta manhã em Donetsk, depois de dois tiros de morteiro terem atingido as imediações de uma escola.

Os projéteis que, segundo Kiev, foram disparados por independentistas pró-russos, atingiram um autocarro e o estabelecimento de ensino, no dia do regresso às aulas, vitimando vários pais de alunos e funcionários, sem no entanto atingir nenhuma criança.

A escola encontra-se situada a quatro quilómetros do aeroporto da cidade que é palco hà várias semanas de confrontos entre as tropas ucranianas e as forças separatistas que tentam tomar a instalação.

Trata-se do incidente mais grave a atingir civis desde a declaração de cessar-fogo entre as duas partes há 10 dias, num momento em que os observadores internacionais começam a vigiar a chamada zona tampão de 30 km que separa os dois campos.

Noutra escola de Donetsk que decidiu abrir as portas, apesar dos confrontos, a mãe de um aluno afirma, “nós conseguimos ouvir o ruído dos bombardeamentos, mas o que é que podemos fazer? É a vida. É importante prosseguir com a vida normal e tentar sobreviver”.

Desde segunda-feira que a trégua é mais frágil do que nunca depois de Kiev ter anunciado ontem a morte de nove soldados e quatro civis durante os confrontos de segunda-feira no leste do país.