Última hora

Última hora

Rio 2016: Há atrasos mas não há motivos para preocupação

Em leitura:

Rio 2016: Há atrasos mas não há motivos para preocupação

Tamanho do texto Aa Aa

Nem a indefinição provocada pelas eleições presidenciais do próximo domingo, nem o embargo nas obras do campo de golfe por questões ambientais. Nada conseguiu apagar o sorriso dos representantes do Comité Olímpico Internacional na hora de fazer o balanço da sétima visita aos locais que receberão os Jogos de 2016 no Rio de Janeiro.

Christophe Dubi garante não haver motivos para preocupação e que podem continuar a dormir descansados, mas realça que se encontram numa fase crítica e que ainda há muito trabalho pela frente.

O progresso efetuado nos últimos seis meses foi alvo de elogios mas isso não quer dizer que tudo corra sobre rodas. Afinal de contas, continuam a verificar-se atrasos nas obras.

A capacidade de resposta da indústria hoteleira é outra dor de cabeça, estando prevista a construção de mais 68 hotéis.