Última hora

Última hora

Alemanha recebe e trata médico do Uganda infetado pelo ébola

Em leitura:

Alemanha recebe e trata médico do Uganda infetado pelo ébola

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha recebeu esta sexta-feira um homem natural do Uganda infetado com o vírus do ébola. O doente é um médico que trabalhava na Serra Leoa ao serviço de uma organização não-governamental (ONG) italiana, a qual solicitou à Organização Mundial de Saúde (OMS) ajuda para o tratamento.


O paciente – a segunda vítima de ébola a ser recebida pela Alemanha – foi internado numa ala especial do Hospital Universitário de Frankfurt, meia hora depois de ter aterrado no aeroporto local. O transporte do doente desde África até ao hospital germânico respeitou um apertado protocolo de isolamento.

Aos jornalistas, o ministro da Saúde do estado alemão de Hesse, Stefan Gruettner, explicou como se processaram os contactos: “A ONG italiana perguntou à OMS se havia possibilidade de um paciente receber tratamento na Alemanha. O gabinete dos Assuntos Estrangeiros alemão perguntou-nos se teríamos essa possibilidade e nós acedemos.”


A Serra Leoa é um dos países da África Ocidental mais afetado pelo atual surto de ébola. Com o apoio do Reino Unido, está a ser construído neste país um novo centro de tratamento para pessoas infetadas pelo vírus que, desde março, de acordo com a OMS, já matou 3338 pessoas de entre mais de 7100 casos registados.

artigos relacionados:

Factos sobre o Ébola