Última hora

Última hora

Dia da reunificação alemã: a "lição" de Merkel à Rússia

Em leitura:

Dia da reunificação alemã: a "lição" de Merkel à Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

A Chanceler Angela Merkel assinalou o dia da reunificação alemã com um discurso em Hanôver, repleto de mensagens dirigidas à Rússia, mas também aos seus parceiros da União Europeia.

Merkel que cresceu do lado oriental do muro de Berlim, recordou que as lições da reunificação podem ajudar a resolver outros problemas da atualidade, nomeadamente face à divisão entre a Rússia e o Ocidente em torno do conflito da Ucrânia.

“A Unidade alemã não seria possível sem a revolução pacífica na RDA, sem a coragem dos cidadãos da RDA e sem a pressão das reformas. Sem tudo isto o muro de Berlim não teria caído no dia 9 de novembro de 1989”.

Merkel sublinhou ainda a importância de defender os “valores e princípios” do país, nomeadamente respeitando e fazendo respeitar, “os acordos que nós próprios referendámos”, numa alusão ao pacto de estabilidade e crescimento da União Europeia.

O dia 3 de outubro assinala a data da assinatura do Tratado que reuniu as duas Alemanhas, em 1990, 11 meses após a queda do muro de Berlim ter iniciado o processo que levou ao desmoronamento da União Soviética.