Última hora

Última hora

Geminação das dioceses de Lyon e Mossul

Em leitura:

Geminação das dioceses de Lyon e Mossul

Tamanho do texto Aa Aa

A geminação das dioceses de Lyon, em França, e de Mossul, no Iraque, serviu de pretexto para uma demonstração de solidariedade cristã e angariação de fundos às vítimas do movimento Estado Islâmico.

A iniciativa da arquidiocese de Lyon, contou com a presença de políticos locais e também do arcebispo de Kirkuk, patriarca dos cristãos caldeus, Louis Raphael.

Familiares dos refugiados, relembram os dias dificeis dos seus parentes no Iraque. “Eles passaram um mês a vaguear no país. Dormiram nas ruas até encontrarem parentes que lhes deram abrigo, onde finamente encontraram uma cama para dormir”, diz uma iraquiana a viver em França.

A ocasião serviu para oficializar a entrega de uma ambulância e mantimentos, adquiridos por várias entidades , destinados aos iraquianos.

O arcebispo de Lyon, Philippe Barbarin explica o propósito do evento. “Eles estão a sofrer muito e em primeiro lugar precisam de saber que não estão esquecidos e abandonados. Tentámos perceber o que eles precisam mas em primeiro lugar – e são eles que o dizem – precisam, não de dinheiro, mas sim das nossas preces”.

A enviada a Euronews, Rafaële Tavernier, explicou que “para lá da ajuda material, os cristãos iraquianos – e com eles todos os refugiados no Iraque e na Síria – precisam de apoio moral e fraterno. Para lhes dar a luz da esperança, a cidade de Lyon decidiu exportar a sua famosa festa das Luzes. Milhares de pequenas luzes serão enviadas para Bagdade e Erbil em Dezembro”.