Última hora

Última hora

Mais um refém britânico assassinado pelo ISIL

Em leitura:

Mais um refém britânico assassinado pelo ISIL

Tamanho do texto Aa Aa

Uma organização “sem limite de perversidade”, assim David Cameron qualificou o grupo Estado Islâmico que atua no Iraque e na Síria.

Após o assassinato do refém britânico, Alan Henning os extremistas publicaram as imagens na internet e enviaram mensagens às autoridades britânicas.

“ O que vemos nesta organização é que não existe limite para o nível de depravação. Nenhum apelo teria feito qualquer diferença. O fato é que este era um tipo bondoso e carinhoso, um homem que tinha simplesmente ido para ajudar os outros, o fato é que eles puderam matá-lo do mesmo modo que o fizeram com os outros. Temos de lidar com isso, lutar para derrotar esta organização. “

O homem havia sido sequestrado na Síria há nove meses, um simples taxiasta em Inglaterra que participava numa missão de caridade na Síria, quando foi raptado.

Outro refém do grupo aparece no vídeo divulgado na internet. O homem foi identificado como sendo Peter Edward Kassig, de nacionalidade americana. Encontra-se igualmente ameaçado de morte pelos extremistas.