Última hora

Última hora

Ébola cria pânico nos Estados Unidos

Em leitura:

Ébola cria pânico nos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro doente de Ébola nos Estados Unidos piorou.

Os médicos que tratam Thomas Eric Duncan, no Hospital do Texas informaram que o paciente infetado pelo Ébola está em estado crítico.

Duncan encontra-se numa unidade de isolamento desde há seis dias depois de ter aterrado nos Estados Unidos vindo da África Ocidental.

De acordo com funcionários, Duncan mentiu nos formulários de saúde na Libéria, alegando que não tinha estado em contato com pessoas contaminadas pelo vírus.

“Estamos confiantes de que as pessoas que estiveram em contato com ele não apresentam quaisquer sintomas relacionados com o vírus. Vamos ficar atentos nos próximos dias.

As outras quatro pessoas que viviam com doente nos Estados Unidos foram levadas para local seguro.

Depois deste caso, o pânico tomou conta de algumas pessoas no Aeroporto Internacional de Newark num voo proveniente de Bruxelas perante relatos de um homem vomitava a bordo.

“Sim, eu vi-o caminhando e claramente parecia doente.”

Os passageiros foram mantidos a bordo durante mais de duas horas enquanto funcionários da saúde determinavam os sintomas do passageiro.

Verificou-se que o homem não era contagiosa mas ainda assim foi transportado para o Hospital Universitário de Newark, onde ainda está em observação.