Última hora

Última hora

Menos manifestantes das ruas de Hong Kong

Em leitura:

Menos manifestantes das ruas de Hong Kong

Tamanho do texto Aa Aa

As manifestações em Hong Kong estão a perder força. Depois de nove dias de protestos, muitos decidiram regressar a casa. Ainda, assim, centenas de pessoas continuam concentradas nas principais artérias de cidade depois do governo se ter mostrado disponível para dialogar sobre a reforma eleitoral.

“Não sei o que se vai passar a seguir. Como pode ver há menos pessoas na rua em relação aos dias anteriores. Estou aqui para apoiar este movimento e espero que outras pessoas sigam o exemplo” refere uma estudante universitária.

Esta segunda-feira, os estudantes ergueram as barreiras no centro da cidade e permitiram que 3 mil trabalhadores da administração pública voltassem ao trabalho.

“Temos de fazer tudo o que está ao nosso alcance e penso que estamos no bom caminho. Creio que a relação entre os manifestantes e o governo está a melhorar” refere um homem.

Os manifestantes consideram que o evoluir da situação depende, agora, da atuação do governo.

Aos poucos e poucos Hong Kong tenta regressar à normalidade, mas os estudantes prometem manter-se atentos.