Última hora

Última hora

Alemanha treina e fornece armas aos curdos que combatem o grupo "Estado Islâmico"

Em leitura:

Alemanha treina e fornece armas aos curdos que combatem o grupo "Estado Islâmico"

Tamanho do texto Aa Aa

O exército alemão está a treinar soldados curdos no quadro da coligação internacional, liderada pelos Estados Unidos, para combater o grupo extremista “Estado Islâmico”.

A formação dos soldados curdos tem lugar na Alemanha e no Curdistão iraquiano. Próximo de Erbil, os peshmerga recebem dos alemães treino no manuseamento de espingardas automáticas do tipo G3. A Alemanha enviou cerca de 16 mil destas unidades, mas também milhões de munições, metralhadoras, lança-rockets e mísseis antitanque.

Berlim decidiu, no final de agosto, fornecer armas e formação aos peshmerga. O plano prevê o treino de cerca de 10 mil combatentes curdos. O apoio alemão em armas e munições ronda um valor na ordem dos 70 milhões de euros. Tudo para combater os radicais que declararam um califado na Mesopotâmia.