Última hora

Última hora

Bandeira do grupo Estado Islâmico já flutua em Kobani

Em leitura:

Bandeira do grupo Estado Islâmico já flutua em Kobani

Tamanho do texto Aa Aa

A bandeira preta e branca que flutua em Kobani pertence ao tristemente célebre grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL).

Como prometido, os extremistas estão a tomar conta da cidade, na fronteira entre a Síria e a Turquia, na sequência de um assalto que começou há três semanas.

Os jihadistas prometeram no fim-de-semana que rezariam nas mesquitas de Kobani, na festa muçulmana do Eid al Adha, no próximo sábado, e já ocuparam uma parte mas, segundo os combatentes curdos que tentam impedir o avanço, ainda não chegaram ao centro.

Em resposta às preocupações da Turquia com o aproximar dos extremistas da sua fornteira, a NATO reafirma o compromisso com a defesa do aliado turco:

“Enviámos mísseis Patriot para a Turquia. Fizémo-lo para reforçar a capacidade de defesa aérea da Turquia e vamos continuar a fazê-lo”, garante o secretário-geral da organização, Jens Stoltenberg.

Mas Ancara não perdeu tempo a enviar para a linha de fronteira a artilharia pesada. Pelo menos 15 tanques estão já apontados para território sírio, próximo de uma base militar turca, a noroeste da cidade de Kobani.